Veja dicas para turbinar o seu roteador e melhorar navegação

RoteadorTurbinar o roteador pode ser uma alternativa essencial para quem quer melhorar a navegação na Internet. A lentidão e as falhas frequentes na rede, além de irritar o usuário, podem causar transtornos graves e comprometer horas de trabalho.

Para evitar que você passe por isso, confira seis dicas simples e eficientes para melhorar o funcionamento do seu roteador. As recomendações podem ser aplicadas em qualquer modelo, de qualquer fabricante.

 

1) Altere o DNS

Alterar o DNS impacta diretamente na velocidade da Internet. O ajuste faz a ponte entre o computador e o servidor que hospeda o site, transformando as URLs digitadas na barra de endereço em IPs. Quanto mais descongestionado o servidor DNS estiver, mais rápido a página será carregada.

2) Configure a frequência

Se seu roteador é dual band, alterar a frequência pode ajudar a melhorar o sinal do Wi-Fi. Isso porque a banda de 2,4 GHz, definida por padrão na maioria dos roteadores, é muito congestionada. A configuração é usada por vários aparelhos domésticos além do roteador, como microondas e telefones sem fio, o que faz o sinal ficar mais fraco.

3) Altere a largura do canal

Os roteadores trazem uma configuração chamada largura do canal (ou bandwidth), que trazem as opções 20 ou 40 MHz. Os canais são uma fração da banda e determinam a capacidade de transferência de dados. Isso significa que um canal com largura de 20 MHz é mais estreito e, portanto, passa menos informação que um de 40 MHz.

Vale ressaltar, porém, que aparelhos single band (2,4 GHz) tendem a operar melhor com a largura em 20 MHz. Se o seu tiver suporte à faixa de 5 GHz, mude a largura para 40 MHz para obter melhores taxas de transferência.

Alterar largura do canal pode melhorar transferência de dados (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Alterar largura do canal pode melhorar transferência de dados (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

4) Atualize o firmware

As fabricantes estão constantemente desenvolvendo novas versões de software para seus roteadores. Os updates sempre trazem melhorias no desempenho, que se traduzem em maior velocidade de navegação. Cada modelo é atualizado de uma maneira diferente, por isso é importante entrar no site da companhia e buscar orientações detalhadas.

5) Troque a antena

Trocar a antena do roteador é outro jeito de turbinar o aparelho. A mudança por uma com maior ganho, valor expresso em dBI, pode ajudar o sinal a chegar mais longe na casa.

6) Use o QoS

Quase todos os roteadores atuais têm QoS (Qualidade de Serviço), que consegue tratar o tráfego na rede de diferentes formas. Com a ferramenta, você pode escolher quais são os programas mais importantes, que receberão prioridade na navegação.

Suponha que você está vendo um vídeo no YouTube e definiu que o serviço é prioritário através do QoS. Mesmo que alguém na sua rede comece a baixar um arquivo grande, a largura de banda usada para essa atividade secundária será tão pequena que não haverá interferência no streaming. Assim, o vídeo não irá travar nem perder qualidade de imagem.

O recurso QoS é encontrado nas configurações do roteador. Geralmente a ferramenta se encontra na aba de funções avançadas, mas há fabricantes que dedicam um guia próprio para o recurso, tornando-o mais fácil de ser encontrado.

Fonte: Techtudo.com.br

Comments for this post are closed.