Alcatel-Lucent Enterprise cria rede para mobilidade e IoT (Internet das coisas)

Tecnologia oferece a segurança e recursos corretos para garantir o funcionamento com sucesso de aplicações e dos respectivos sensores e dispositivos.

IoTA Alcatel-Lucent Enterprise apresenta novos produtos de infraestrutura de rede para suportar duas das maiores tendências que orientam o futuro da empresa digital: Mobilidade e Internet das Coisas (IoT). Os novos produtos serão apresentados durante o Interop de Las Vegas, entre 02 e 06 de maio de 2016, no centro de convenções Mandalay Bay.

A crescente adoção de mobilidade corporativa e de IoT gera a necessidade de as empresas reconsiderarem o desempenho, a confiabilidade e a segurança da sua infraestrutura de rede. A atual infraestrutura de rede não suporta a demanda da carga gerada por funcionários que usam cada vez mais dispositivos móveis e aplicações no ambiente de trabalho, além da adoção de IoT em diversas áreas da companhia.

Segundo o relatório do Gartner (“Líderes em Infraestrutura e Operações: Prepare-se para a adoção veloz do IoT”, 1º de março de 2016), os dispositivos que acessam IoT atingirão 20,8 bilhões de unidades em 2020, ante ao total de 5 bilhões de unidades de hoje. Essa combinação de mobilidade com IoT exige que as redes sejam capazes de prover alta resiliência, mais se gurança e maior cobertura sem fio, além de melhor desempenho e a capacidade de conter o tráfego IoT.

Os novos produtos da Alcatel-Lucent Enterprise suportam tanto a mobilidade quanto a IoT, ao mesmo tempo em que são capazes de alavancar as tecnologias Alcatel-Lucent Enterprise com histórico de sucesso reconhecido no mercado como Unified Access, Smart Analytics e a premiada Intelligent Fabric. Entre os novos produtos estão:

Três versões de acces point Wi-Fi Wave 2 que suportam tanto o crescimento na densidade de dispositivos móveis quanto a necessidade de um processamento de dados mais rápido;

Um novo switch de acesso multi-Gig stackable LAN, o Alcatel-Lucent OmniSwitch 6860E-P24Z8, que oferece portas 2,5 G, alto desempenho de Power over Ethernet (75W) e recursos de DPI (Deep Pack Inspection) para suportar o aumento de tráfego dos novos pontos de acesso, além de fornecer contenção do tráfego oriundo de unidades IoT;

Um switch de acesso industrial, compacto e reforçado, Gigabit Ethernet LAN, o Alcatel-Lucent OmniSwitch 6865, capaz de suportar a crescente demanda por conectividade de dispositivos IoT em ambientes hostis. Alguns exemplos incluem os sistemas de transporte e controle de tráfego, setor de geração e distribuição de energia, além do chão de fábrica. Esses ambientes, assim como qualquer instalação externa, pedem, em geral, que os dispositivos sejam capazes de trabalhar em condições extremas de ambiente, incluindo alta umidade, presença de poeira e grandes variações de temperatura;

Um novo e versátil chassis baseado em switch LAN, o Alcatel-Lucent OmniSwitch 9900, desenvolvido para atender as necessidades do crescimento de tráfego da rede, ao mesmo tempo em que tem alto desempenho e confiabilidade desde a borda até o core da rede.

Segundo Stephane Robineau, vice-presidente executivo e gerente-geral da unidade de negócios de rede da ALE, “as duas maiores forças que moldam as empresas digitais do futuro – a mobilidade e a IoT – desafiam os departamentos de TI a pensar além dos funcionários, a incluir os clientes e os visitantes e a pensar como eles se relacionam com a empresa”. “Além disso, a TI precisa suportar a demanda de outros departamentos por mais conectividade para os seus dispositivos e aplicações IoT. A ferramenta de contenção de IoT da Alcatel-Lucent Enterprise auxilia a dar segurança e a simplificar as operações ao aproveitar a automatização da tecnologia Intelligent Fabric.”

 

Fonte: IPNEWS